4 SEMENTES PERIGOSAS PARA A DESLEALDADE

A deslealdade começa com uma semente que, se não for exterminada, poderá crescer e se manifestar de modo a trazer perigo para uma equipe e, até mesmo, para a Igreja como um todo.

1ª SEMENTE: O ESPÍRITO INDEPENDENTE

A independência, quando se fala em trabalho em equipe, principalmente quando se trata de Reino de Deus, significa “morte”. E, esta “morte” pode acontecer no meio da equipe, no meio da igreja ou no meio de um projeto. Por isto, é preciso fazer de tudo para não se tornar independente.

É muito importante que se tenha uma cobertura espiritual para se possa prestar contas e para que se possa compartilhar as ideias, bem como, daquilo o que se pretende fazer. Quando alguém resiste a uma cobertura e começa a agir de maneira independente, pode contar que a semente de deslealdade foi semeada e que, em breve, estará brotando como deslealdade.

Tratando-se de líder, não basta que ele preste contas. Ele precisa ensinar a sua equipe a prestar contas também. Esta atitude de prestar contas vai fazer com que a equipe garanta a lealdade no meio do grupo.

2ª SEMENTE: O CORAÇÃO OFENDIDO

Uma das coisas que mais prejudicam a equipe é quando alguém começa a ficar com o coração ofendido com relação a sua liderança ou com relação às pessoas que fazem parte da equipe.

Se uma pessoa permitir que seu coração fique ofendido e não tratá-lo, certamente, isto se tornará em uma semente que brotará, lá na frente, em forma de deslealdade.

Para se preservar a lealdade, é preciso tratar o coração de forma a nunca permitir que “ele” fique “ofendido”.

3ª SEMENTE: INSATISFAÇÃO

A insatisfação é uma semente que vai brotar gerando uma grande deslealdade.

A primeira coisa a fazer quando se fica insatisfeito é tratar a insatisfação imediatamente, caso contrário, a insatisfação só tende a aumentar.

Como fazer para não permitir a insatisfação crescer no coração?

É preciso parar de ficar olhando as coisas ruins.

E, o que seriam coisas ruins?

São coisas que, aos olhos de quem está olhando, não estão indo bem, não estão dando certo ou não se concorda. É preciso parar de ficar olhando para estas coisas e FOCAR nas coisas boas que a equipe tem desenvolvido, que o líder tem realizado e que a liderança tem direcionado. Desta forma, o coração dica protegido contra toda e qualquer insatisfação.

Porque, se o foco ficar sobre as coisas ruins, ou nas coisas que não se gosta muito, o coração sempre estará insatisfeito.

Sempre existem coisas que não agradam; entretanto, focar nas coisas boas é uma DECISÃO!

Quando se toma esta decisão, a insatisfação não encontra mais espaço no coração e a deslealdade não encontra terreno para germinar.

4ª SEMENTE: O ESPÍRITO CRÍTICO

É quando se critica tudo a sua volta. Exemplos de frases onde podemos perceber este espírito agindo:

-“Eu não concordo com esta direção!”

-“Acho que aquela estratégia não funcionou e deveria ser feita de outra maneira!”

Se o espírito critico não for tratado, ele é capaz de impedir o crescimento de toda uma equipe!

É fato que críticas ajudam a melhorar. Contudo, existe a maneira certa de se fazer a crítica. A crítica deve ser feita de forma a somar com o grupo. Se a crítica não for somar, apenas gerar sentimentos ruins, é recomendável que não seja “falada”.

Existem pessoas que criticam tudo! Não importa se é uma reunião de equipe, se é um projeto que a liderança esteja lançando ou qualquer outra situação. Se o espírito crítico está tão latente, é possível que se tenha uma semente de deslealdade nascendo e uma hora ela brotará!

É preciso se autoavaliar para que o espírito crítico seja identificado e tratado. Porém, se a liderança perceber este espírito crítico em algum líder da equipe, é preciso tratar desta pessoa o quanto antes, ensinando que, apesar da pessoa achar que este espírito está ajudando, na verdade, pode ser uma grande semente de deslealdade e prejudicar não só a equipe, mas a ela própria, tornando-se uma pessoa desleal.

A lealdade faz a diferença no crescimento de qualquer equipe.