7 Erros que alguns líderes de célula cometem

Quando Deus escolhe pessoas para liderar Suas células, Ele as escolhe para que o façam com excelência. Entretanto, existem alguns erros específicos que alguns líderes de célula cometem que os impedem de liderar com a excelência que Deus espera de cada um deles.

Que erros são esses?

1º erro – Não orar por suas ovelhas

Todo líder de célula é um “pastor” com “p” minúsculo. É ele que pastoreia o pequeno rebanho que frequenta a sua célula e que tem o compromisso e a responsabilidade de orar por cada uma delas.

Quando o líder não ora diariamente pelos membros que Deus tem confiado a ele, ele está cometendo uma falha gravíssima!

2º erro – Não visitar as suas ovelhas

A visita traz um efeito enorme para o grupo como um todo.

O líder não pode ficar muito tempo sem visitar as pessoas da sua célula. Veja, não é só visitar quem está chegando ou sendo consolidado, é preciso investir nos membros para que se sintam amados, queridos e importantes.

Pode-se marcar comunhões nas casas em dias que não sejam os dias das reuniões da célula, pode-se convidar o líder em treinamento para ir a visitas e aprender como se faz, por exemplo.

Líderes de célula precisam visitar. As visitas são muito importantes não só para o crescimento do grupo, como, principalmente, para o crescimento individual de quem faz e de quem recebe a visita.

A visita traz para a Igreja local, além do crescimento, o amadurecimento das ovelhas.

3 º erro – Não treinar outros líderes

Outro grande erro de alguns líderes é não estar treinando outras pessoas, ou seja, não estar discipulando ou cuidando de outras pessoas para reproduzir a liderança.

O treinamento é importante para que as pessoas despertem para o chamado de liderança e, então, novos líderes possam sejam levantados.

Por isso, quando um supervisor está supervisionando uma célula, a primeira coisa que o supervisor precisa perguntar ao líder é:

– “Quem são as pessoas que você está investindo?”

Esta pergunta não pode ser focada na multiplicação, antes, o seu foco é saber quem o líder está trazendo mais para perto, está treinando, não só através dos cursos disponíveis na Igreja local, mas, principalmente, no dia a dia, através do relacionamento e do convívio.

Essas pessoas vão aprender de tudo um pouco. Vão aprender a receber, a visitar, a organizar eventos, a ministrar na célula e a resolver conflitos, por exemplo, apenas por estar mais perto do líder, vendo-o fazer cada uma destas coisas.

4º erro – Não seguir as estratégias passadas pela Igreja local

O líder não pode deixar de comparecer aos treinamentos específicos, muito menos, deixar de estar presente nos Cultos de treinamentos que a liderança convoca.

O líder que, por algum motivo, não consegue estar nestes compromissos para receber as estratégias passadas pela Igreja local, pode ser comparado como aquele que está na contramão do mover que Deus tem planejado para aquele lugar. Ele estará seguindo uma direção completamente independente e contrária a que toda Igreja local estará seguindo.  E, além de errado, acaba por dividir o povo!

A Igreja, como Corpo de Cristo, precisa estar bem ajustada e falando a mesma linguagem. O líder precisa estar debaixo da mesma unção que a liderança e isso significa muito mais do que só estar presente, significa, de fato, colocar as estratégias que lhe são passadas em prática com excelência.

Os líderes que mais crescem são aqueles que seguem as estratégias exatamente como lhe são passadas. O líder precisa lembrar que as estratégias que a liderança da Igreja local está propondo são frutos de muita oração e dedicação à busca da direção do Senhor a este respeito, por parte da liderança.

5º erro – Não planejar e não definir uma data de multiplicação

Toda célula já tem que nascer com um propósito, o de multiplicar.

Para isso, o líder precisa planejar. Como?

  • Buscando no grupo quem pode ser o futuro anfitrião, quem poderia ser o próximo líder, bem como, quem vai com o novo líder e quem fica, por exemplo;
  • Ter um mural com avisos, aniversariantes, eventos e a data da próxima multiplicação. Quanto mais a informação da multiplicação é abordada, mais é compreendida.

6º erro – Não realizar momentos de comunhão com a sua célula

A comunhão de uma célula não acontece só no momento em que se termina o estudo da célula, mas, principalmente, em momentos fora da céula.

A comunhão pode ser um café juntos na padaria no final do dia ou um almoço com o grupo na casa de um dos membros após o Culto de Celebração da manhã onde cada um leva alguma coisa para compor o almoço, por exemplo.

O objetivo da comunhão é fortalecer os laços entre os membros e edificar uns aos outros.

Quando o líder consegue fazer com que a célula saia das quatro paredes em que costuma acontecer, o sobrenatural começa a se manifestar!

7º erro – O líder não se preparar para a reunião da célula

Existem líderes que chegam à célula em cima da hora e, desesperados por conta correria do dia, não se preparam para a célula. Alguns, só pegam no estudo da célula no próprio dia e, por vezes, só na hora de ministrar na célula. Alguns, sequer se lembram do tema ou do assunto que o estudo irá abordar.

Sim! É fato que os dias andam corridos… porém, o líder que quer, faz. O líder não pode ficar dando desculpas. Ainda que o dia dele seja um dia intenso, tem a hora do almoço, as noites que antecedem a célula ou, até mesmo, no seu Tempo Sozinho com Deus pela manhã, por exemplo, que ele pode tirar para meditar.

Ainda que o estudo não esteja pronto, o que é a desculpa de alguns, como geralmente ele é baseado no Culto de Celebração do último domingo, basta que o líder tenha o hábito de anotar para que ele possa ir meditando sobre o assunto até que o estudo oficial chegue as suas mãos.

A célula precisa começar a ser preparada desde o Culto de Celebração e no dia da célula, este preparo precisa ser intensificado na parte da manhã do dia em que ela acontece. O líder precisa orar e entregar a Deus sua célula, interceder por cada membro e suas dificuldades, além de pedir a Deus sabedoria e unção.

A célula não pode ser uma reunião social onde o líder só é líder quando chega lá para ministrar. Liderar é muito mais do que isso! Liderar exige preparo!

E, é neste contexto que muitos líderes começam a querer resultados que não chegam e não sabem o porquê. O resultado não acontece porque o líder não está se preparando! Simples assim!

Se o líder se autoavaliar com frequência, ele vai estar preparado para não cair nestes erros e se surpreenderá com os resultados.