COMO FAZER COM QUE A EQUIPE SE ENVOLVA?

Talvez se esteja trabalhando com uma equipe que não está tão comprometida assim com os projetos que a liderança tem lançado. Então, como fazer com que esta equipe se envolva?

O primeiro de tudo é saber que nem todos de uma equipe irão se envolver. Quando se entende que isto é normal, tudo fica mais leve.

Sabendo disto, o líder precisa ficar em paz com quem não se envolver e precisa motivar todos aqueles que decidirem se envolver sendo, ele mesmo, o exemplo. Pois, é impossível fazer com que as pessoas façam algo que não se está fazendo ou que nunca se fez. Parte-se do princípio que para se envolver uma equipe em algum projeto, quem a lidera já deve ter trilhado o passo a passo deste projeto ou, no mínimo, estar trilhando junto.

Também será necessário que quem lidera seja um líder motivador. É preciso estar sempre buscando estratégias para motivar a equipe. Podem ser reuniões com vídeos motivacionais, cheios de ânimo e fé, pode também se aplicar metáforas que contenham histórias de sucesso.

Quando quem está liderando não motiva a equipe, começará a perdê-la aos poucos. A motivação faz toda a diferença. Um líder deve conseguir motivar ao menos um da equipe. E, este “um” o ajudará a motivar todo o resto da equipe.

O líder também vai precisar fazer com que a equipe tenha sonhos. Ele precisa mostrar o resultado final do projeto, além do que cada um vai sentir e de quais as conquistas que a equipe terá no final. É preciso fazer com que a equipe tenha um motivo, por isso, fazê-la sonhar com o resultado final é tão importante.

Ao se mostrar o resultado final, outra grande dica é perguntar a cada um, onde cada um vai querer estar quando tiverem conquistado o objetivo final. Ou seja, em que “posição” cada um desejará estar servindo na Igreja local. É preciso falar a respeito do crescimento da igreja e das necessidades de trabalhadores para dar conta de todas as vidas que virão através daquele projeto. O “trilho de crescimento” da igreja deverá lhes ser apresentado para que possam entender o processo e passem a sonhar com o seu crescimento.

Aliado a tudo isto, o líder poderá utilizar testemunhos para auxiliá-lo no envolvimento do grupo.  Que tipo de testemunhos? Testemunhos de pessoas desacreditadas ou que não tinham nada, mas que conquistaram suas vitórias. Por exemplo:

  • Testemunho de pessoas que não queriam liderar e hoje são grandes líderes de sucesso;
  • Testemunho de pessoas que tinham uma pequena célula, com poucas pessoas, mas que superaram e hoje são um setor ou uma área;

E, por fim, o bom líder, aquele que quer fazer com que a sua equipe se envolva, deverá orar por ela. Orar nome a nome. Ele deverá jejuar colocando as dificuldades de cada um diante de Deus porque, como a Palavra de Deus nos ensina, “a oração de um justo pode muito em seus efeitos”.