O problema da falta de transparência

Um dos pilares de sustentação de todo relacionamento é a transparência. Porém, é bem provável que você conheça pessoas que não têm sido transparentes em seus relacionamentos, em um discipulado ou com sua liderança, por exemplo, e por isso, algumas dificuldades podem estar sendo geradas.

Antes de falar sobre as dificuldades que podem ser geradas pela falta de transparência, é preciso que esclarecer que nada justifica a falta de transparência de alguém. É muito comum ouvirmos frases como: “Eu não falar nada porque não adianta” ou “Eu não vou falar porque vão contar para os outros” – O nosso papel é sermos transparentes para que Deus possa trabalhar a cura que nós precisamos em nossa vida.

Um dos exemplos bíblicos que eu gosto para ilustrar este tipo de situação é o caso de Elizeu e Geazi descrito no livro 2 Reis capítulo 5, quando Naamã procura o profeta em busca de cura. Nesta ocasião, Geazi procura Naamã para receber as ofertas que Elizeu havia recusado e, quando Elizeu pergunta a Geazi de onde ele estava vindo, Geazi não consegue ser transparente.

Trazendo tudo isso para o nosso dia a dia, quando há a falta de transparência, algumas dificuldades começam a aparecer, por exemplo:

1 – Opressão:

Quando a pessoa não é transparente com o seu líder, com o seu discipulador ou com a pessoa que Deus colocou sobre a vida dela para ajudá-la, a opressão é um dos primeiros ataques do inimigo sobre esta pessoa. Mas, o que a opressão causa, especificamente?

A opressão começa a trazer uma série de pensamentos do inferno, por exemplo, o espírito de perseguição: A pessoa começa a achar que todo mundo está conspirando contra ela.

E, se isso não for tratado logo de início, pode levar a pessoa à próxima dificuldade, a possessão.

2 – Possessão:

Enquanto a opressão fica somente no interior da pessoa, a possessão se manifesta exteriormente. A ira, as discussões, a forma de falar, tudo evidencia que, pelas brechas encontradas, o inimigo está trabalhando naquela vida levando-a ao estágio da possessão.

E, por conta de todos os sinais externos que ela manifesta, a próxima dificuldade é o afastamento, a depressão.

3 – Depressão:

Infelizmente, se não tratado a tempo, o próximo estágio na vida de uma pessoa que falta com a transparência é a depressão.

A pessoa começa a ter o desejo do isolamento devido a todos os problemas que gerou em seus relacionamentos.

A depressão leva a um esfriamento tal, que leva a pessoa ao próximo estágio, o desânimo total.

4 – O desânimo total:

Este é o mais perigoso de todos os estágios. Quando a pessoa se encontra neste estágio ela está prestes a sair da igreja e a largar Jesus. E, se ela não largar Jesus ou a Igreja, ela acaba largando o ministério abandonando o seu chamado, ficando por um fio para não largar Jesus.

Tudo isso por que o desânimo “bateu”. Então, para esta pessoa, as pessoas não são mais confiáveis. Por isso, cuidar de vidas e estar no meio delas dá muito trabalho. Ela sente muita frustração e isso acaba levando a pessoa à morte espiritual.

Mas, onde isso tudo começou mesmo?

Lá atrás, na falta de transparência. Por isso, qualquer situação que você sinta em seu coração que você precise de ajuda, corra e peça a ajuda o quanto antes para o seu discipulador, seu líder, seu Pastor. Deus não colocaria uma cobertura espiritual sobre a sua vida em vão. Mesmo que a sua cobertura espiritual tenha falhas, Deus o colocou em sua vida para te ajudar.

Por fim, o último ensinamento é que não basta ser transparente, você também precisa estar aberto para receber os ensinamentos que Deus vai ministrar na vida através do seu discipulador, líder ou Pastor para que possam te ajudar. Isso é muito importante para que você rompa com toda a cilada do inferno e avance em direção aos propósitos de Deus na sua vida.