O projeto das 4 Colunas do MDA e a multiplicação da liderança

O projeto das 4 Colunas do MDA veio como uma estratégia poderosa na multiplicação da liderança, não só para quem já está inserido na visão, como, também, para aqueles que têm o desejo de transicionar visando o crescimento com qualidade.

Quando compreendido pelos líderes e bem trabalhado nas células, é garantia de crescimento. Veja como funciona:

1ª – A Coluna do Purê de Batatas

Esta coluna precisa trabalhar a unidade da equipe através de comunhões fora dos dias das células. Nesta coluna a intenção é aumentar o número de visitantes através de eventos que podem acontecer em diversos lugares. O mais importante, aqui, é que todos da célula estejam envolvidos e comprometidos em levar visitantes para os eventos.

Nesta coluna projetos como o “levando a arca”, “o mais amado da semana” e o “TQA”, são extremamente importantes para dar “liga”, não só na equipe, como, também, nos que vão sendo enviados pelo Senhor.

Pode-se dizer que é a estratégia que “prepara o terreno” para a “Coluna do Natanael 3”, pois tem a caraterística de trazer para o convívio da “família da célula” àqueles que serão os potenciais Natanaéis

Para a equipe, esta coluna desperta o desejo de ganhar e de cuidar de vidas.

2ª – A Coluna Natanael 3

A intenção nesta coluna é, após algum convívio, ainda que pouco, levar o sobrenatural de Deus para as pessoas pelos quais temos orado.

Os membros escolherão três pessoas de seu convívio para que estejam abordando e perguntando:

-” Se você pudesse pedir um milagre a Jesus, hoje, o que seria?”

Após a resposta, o membro avisa que estará jejuando e orando a Deus pelo milagre dela e que, pela fé, ela já quer deixar agendado um evento para comemoração (um lanche ou um jantar, por exemplo).

Por isso, a importância da coluna anterior ser realizada com muito empenho de todos. Conforme as orações e o jejum se seguem, é preciso que se motive os “Natanaéis” a estarem participando das células e dos Cultos para que eles possam perceber o quanto Deus está abençoando o seu povo.

As células precisam estar falando de testemunhos de cura, vitórias e milagres, bem como, de como o Culto foi poderoso para gerar o desejo e a curiosidade nos “Natanaéis”, além de manter a chama da fé acessa em todos.

Ao término do jejum, um convite é preparado com antecedência e, no dia do evento de comemoração pelos milagres, onde a célula vai servir a todos os “Natanaéis”, eles serão entregues convidando-os para estarem no próximo Culto de Celebração na Igreja, onde o Pastor vai estar fazendo uma oração especial por todos os Natanaéis.

Nesta coluna, os líderes em treinamento começam a se destacar, não pelo cargo que alguém vai dar, antes, pelo serviço que ele estará realizando de cuidar de vidas. Todos da célula estarão em unidade, com o mesmo propósito – o de ganhar e cuidar de vidas.

3ª – A Coluna do GE

O grupo evangelístico por ser um a um ou em grupo. Antes dos “Natanaéis” subirem ao altar, o Pastor precisa anunciar que a Igreja estará se dedicando a visitas especificas, por oito semanas. Visitas com a intenção de levar a paz, a unidade, a cura, a salvação e o que mais as pessoas precisarem. Quando os “Natanaéis” subirem ao altar e forem honrados, receberão o convite para que a Igreja possa estar indo a casa deles para o projeto.

Nesta coluna, projetos como “A casa de paz”, “Pai nosso” e os “7 mergulhos de Naamã”, por exemplo, são ideais para que se trabalhe nas casas. O líder terá liberdade para escolher as duplas para as visitas, bem como, que projeto será usado caso a caso.

Esta coluna tem o poder de mostrar, na prática, aos membros que eles também são ungidos por Deus para cumprirem o ide, desperta chamados, cria vínculos, movimenta o Reino espiritual e prepara os futuros líderes.

4ª – A Coluna do Fator Barnabé

Todos os membros da célula estarão envolvidos no cuidado com vidas e, provavelmente, continuarão as visitas e os convites para comunhões fora da célula por terem sido despertados da importância de se ganhar e de se cuidar bem de vidas.

É neste ponto que entra o fator determinante para que não se perca ninguém – a edificação. Esta coluna é baseada no trabalho de consolidação de excelência que Barnabé fazia na época da Igreja primitiva.

Enviar as pessoas que estão sendo acrescentadas por Deus aos Cursos que a Igreja disponibiliza, integrá-las a um ministério para que ela se sinta parte da família de Cristo e apresentá-las a outras pessoas com as quais ela terá facilidade de se envolver, são fundamentais para o sucesso de uma boa consolidação.

Há casos em que os próprios membros ainda não fazem parte de nenhum ministério e, por querer acompanhar as pessoas que estão cuidando, se acham; então, o crescimento torna-se uma consequência. Também há os que ainda não cursaram curso algum e o farão para que estejam em unidade; e, outros, ainda, que já fizeram e fazem questão de refazer pelo mesmo motivo.

Ou seja, o projeto das 4 Colunas do MDA é fantástico, não só para os que já são da célula, quanto para os que não são. E, conforme o processo vai se repetindo, as estratégias aumentam e o crescimento torna-se exponencial.

Ele treina, ganha e consolida vidas, ao mesmo tempo. Por isso, ele é tão poderoso para a multiplicação de líderes, pois ele gera, desde o início, o desejo genuíno de cuidar de vidas.

O curso completo das 4 Colunas do MDA está disponível em nosso ambiente do Líder Online, com todo o material complementar, fazendo com que você, que nunca realizou um projeto como esse, consiga colocá-lo em prática com muito êxito.Conheça nosso ambiente, assine (QUERO CONHECER O AMBIENTE) e desfrute de um mentoreamento de alto nível.

Agora em março de 2018, nós estaremos sediando a Conferência F5 – UPGRADE – que vai abordar temas como este, dentre tantos outros, com muita atualização e ideias para tornar mais prático e simples todo o processo. Se você tiver interesse e quiser saber mais, CLIQUE AQUI ou faça contato através do telefone 21-8322-4056 (WhatsApp).