Os passos que um líder de célula precisa trilhar para ser bem sucedido

Antes de falar do passo a passo em si, é preciso que se fale de quando a pessoa chega a Igreja. Quando a pessoa chega a Igreja, ela precisa ser inserida no Corpo de Cristo. Isso se dá mais facilmente através de uma célula.

Enquanto ela está frequentando a célula e indo aos Cultos de Celebração, um membro mais experiente da célula a consolida, ganha o seu coração e começam as reuniões de discipulado.

Este novo membro, convertido, passa pelos estudos, encontros e batismo, chegando a ser um líder em treinamento. Enquanto líder em treinamento, ele vai ganhar vidas para Jesus e ajudar o seu líder a cuidar dos novos, da mesma forma como fizeram com ele.

Quando a sua célula cresce, ele assume a liderança de uma nova célula, fruto da multiplicação da sua, levando consigo, as ovelhas que ele ajudou a ganhar e a consolidar. A partir daqui é que o líder começa a trilhar o seu caminho.

Como líder, ele precisa garantir que todos da célula estejam sendo acompanhados, que os discipulados estejam acontecendo, além de motivar a todos a estarem ganhando novas vidas para Jesus. O líder precisa usar de influência para levar os seus discípulos a desejarem servir a Deus com os seus dons e talentos, bem como, a desejarem ser  líderes em treinamento.

Ele também precisa influenciar para que o maior número de membros esteja frequentando os cursos de treinamento que a Igreja oferece, dar oportunidades na célula aos que estão mais compromissados, além de motivá-los a estar cuidando uns dos outros.

Conforme os novos vão chegando, eles estarão sendo cuidados e consolidados pelos líderes em treinamento o que faz a célula crescer e multiplicar.

Ao se multiplicar uma célula, este líder é chamado de líder supervisor, pois gerou um novo líder que estará debaixo da sua autoridade e supervisão.

O ciclo dentro das duas células precisa ser continuado com empolgação. E, conforme o líder supervisor vai ganhando experiência e confiança, ele vai gerando novos líderes em treinamento tão desejosos de cuidar de vidas quanto ele. Então, novas multiplicações se acontecerão.

Ao se chegar a quatro células sendo, três células de líderes que o líder supervisor tenha gerado e mais a célula que o próprio líder supervisor lidera, ele é consagrado a supervisor de setor.

Neste ponto ele já precisa estar com reuniões e comunhões de setor acontecendo, além de uma rede bem estruturada de discipulados acontecendo nas células que ele supervisiona.

Ao ser consagrado supervisor de setor, o líder precisa entender que ele é a peça mais importante de toda engrenagem de células. Ele é o que faz a ligação entre as ovelhas e a liderança. É o estágio para supervisão de área, que acontece quando se alcança doze multiplicações.

Como supervisor de área, o líder está sendo preparado para administrar alvos maiores e a resolver situações mais complexas. Seu caráter precisa estar moldado e o seu coração permanecer humilde e ensinável. Assim, ele vai conquistando o coração do povo, influenciando toda a sua equipe a servir e a obedecer a Deus e as multiplicações tornam-se exponenciais a ponte de, em um curto espaço de tempo, este líder ter multiplicado trinta células e ganahr o privilégio de ser consagrado Pastor.

O mais importante de todo esse caminho é o desejo genuíno de servir a Deus honrando os seus líderes e sendo leal ao seu ministério.